Verdade

Aprendi que toda história tem mais de um viés, e que, por mais que o que eu possa descrever seja verdadeiro, sempre acompanha uma carga de experiências e sentimentos próprios. A imparcialidade dificilmente pode ser atingida. Para saber o que realmente se passa, é preciso estar na situação; se não, teremos apenas recortes da verdade.
O que é verdade, afinal?
Aprendi que as dualidades certo x errado, verdade x mentira são pura ilusão. Não existe “sim” e “não”; a verdade não é uma via de mão única. Existem diversas bifurcações que merecem ser exploradas.
Muitos fatos ainda permanecem inexplicados, não se sabe o que é real ou não. Alguns se apoiam em argumentos científicos ou religiosos, sustentam suas posições em estudos de teóricos. Mas não é como 1 + 1, sempre 2. Sobre certos conceitos, talvez nunca saibamos quem tem a razão.
Se é que alguém a tem.
Enquanto isso, devemos continuar na incerteza. Ainda sabemos pouco demais. 
A verdade absoluta é inalcançável.

Comentários