Àqueles que nos amam incondicionalmente

Quando eu era mais nova e passei por uma decepção fora de casa, me aconselhei com meu pai. Não sei por que não costumo falar dele no que escrevo.
Foi a primeira vez em que cheguei até ele sem restrições e disse tudo o que estava acontecendo. Ele me ouviu atentamente e me confirmou o que eu já sabia: os seus maiores amigos são sua família.
Por mais que eu já soubesse disso de outras bocas, a forma como meu pai pôs as cartas na mesa me fez realmente entender a profundidade daquilo.
Mesmo que você conheça pessoas incríveis no decorrer da sua vida – porque, com certeza, há muita gente maravilhosa no mundo! -, a sua família esteve lá desde o princípio. Seus pais, seus irmãos, seus avós, nunca os deixe de lado, porque mesmo que seus amigos te amem muito, essa consideração não ultrapassa o amor incondicional que sua família tem por você.
Ouço histórias de famílias afastadas, parentes que não se falam… Como dói. Porque, desde cedo, eu pude reconhecer por meio de inúmeros atos a importância dessas pessoas.
Não me importa se seus pais são separados, se você não tem irmãos, se tem dois pais, duas mães… Mas cuide bem deles… Porque são seus primeiros amigos. E mesmo que a convivência venha sendo impossível, proteja-os com todas as forças, porque esses, sim, te AMAM!

Comentários